segunda-feira, 24 de novembro de 2014

SEGURANÇA: HOMEM É PRESO NO GRANDE COLORADO COM CARRO ROUBADO EM FORMOSA/GO.





Por volta das 22h de sexta-feira, 21/11, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho prenderam em flagrante pelo crime de receptação de veículo roubado, Vitor Lúcio, 24 anos, morador de Planaltina de Goiás. Com ele foi apreendido um veículo Honda Civic, modelo 2014, de placa JKM 6116, roubado no último dia 19, durante um sequestro relâmpago em Formosa/GO.

A equipe Bravo do GTOP-33, composta pelo sargento Marcelo Campos, cabos Duarte e Claudio Paiva recebeu a informação do Rádio Operador do 13º Batalhão de que havia um indivíduo em um depósito de bebidas no Grande Colorado, com um veículo roubado. O suspeito estaria com uma blusa de frio cinza e outra de cor rosa por baixo, sentado em uma mesa do estabelecimento, com duas mulheres, tomando cerveja.

A equipe se deslocou até o endereço e avistou o suspeito. Ele foi abordado e em seu bolso foi localizada uma chave de um veículo Honda Civic. Os policiais acionaram o alarme do veículo e o localizaram. Ao ser verificado a placa do automóvel constatou que se tratava de produto de roubo.

Diante da situação, Vitor disse que havia comprado o veículo por R$3000,00 na feira do rolo de Ceilândia. Ele foi conduzido à 35ª Delegacia de Polícia e autuado em flagrante pelo crime de receptação de veículo roubado. O delegado de plantão estipulou uma fiança de R$5000,00 para Vitor responder em liberdade pelo crime.


Por Claudio Martins/Informativo Flagrante

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

SEGURANÇA: HOMEM É MORTO EM “ACERTO DE CONTAS” NA VILA DNOCS, EM SOBRADINHO.




Por volta das 22h de quarta-feira, 19/11, Bruno Pereira Silva, 24 anos, foi vítima de um “acerto de contas” na esquina do conjunto 02 da quadra 03, na Vila Denocs, em Sobradinho. Ele foi alvejado por cinco disparos de arma de fogo e morreu no local.

Segundo Testemunhas, Bruno estava em frente a uma residência no conjunto 02 quando um indivíduo se aproximou dele e disse a seguinte frase: Foi você quem ameaçou o meu irmão? Logo após dizer a frase, sacou uma arma de fogo e efetuou cinco disparos à queima roupa em Bruno.

Policiais civis e militares foram acionados para o local do crime, porém ninguém foi preso. Agentes da Seção de Investigação de Crimes Violentos da 13ª Delegacia de Polícia estão investigando o homicídio.


Fonte: Claudio Martins/Blog Informativo Flagrante

terça-feira, 18 de novembro de 2014

SEGURANÇA: Em Sobradinho II,um flagrante de tráfico na AR6


* Alessandro Oliveira

Três jovens foram presos na noite de segunda-feira (17/11) pela prática de tráfico de drogas em Sobradinho II. A equipe do sargento Ferreira, cabo Albert e Valverde estava realizando abordagens em veículos e pedestres quando desconfiou da atitude do condutor e passageiros de um Fiat Uno na cor vermelha.

Realizada a abordagem, foram encontradas porções de cocaína, pedras de crack e R$ 1703. Dada voz de prisão pela prática de tráfico de drogas, os jovens e o material apreendido foi apresentado na 35ª Delegacia de Polícia em Sobradinho.

*Por Alessandro Oliveira/PMDF


segunda-feira, 17 de novembro de 2014

SEGURANÇA: PM DE SOBRADINHO PRENDE HOMEM QUE CIRCULAVA COM VEICULO ROUBADO PELA DF 425



(*) Ferreira Santos


Um homem foi preso por policiais militares e encaminhado a 13ª DP na manhã de sábado (15), no momento em que circulava em um Gol branco placa KFB final 09/GO pela DF 425, em Sobradinho II, o veiculo foi identificado como sendo produto de roubo. O fato ocorreu quando o soldado Brandt da PMDF, lotado no Comando de Policiamento Regional Leste - CPRL suspeitou da atitude do condutor do veículo. O policial solicitou apoio ao 13º BPM de Sobradinho, a guarnição do prefixo, 2711, chefiada pelo sargento Lela, constatou que o veiculo era produto de roubo conforme ocorrência da 5ª Delegacia de Polícia do Plano Piloto.

Os policiais se aproximaram do veículo acionando sinais sonoros para abordagem policial, o suspeito ao ver a guarnição tentou fugir em alta velocidade pela BR 020, a guarnição fez o acompanhamento ate a área do Denocs, onde foi efetuada a prisão do acusado e resgate do veiculo.

Moradores contrários às ações da Policia na área do Denocs, investiram contra a guarnição com xingamentos na tentativa de impedir a prisão do homem acusado de circular com um carro roubado, porém com a chegada de outras equipes da PM, o acusado foi detido e levado ao plantão da 13ª DP, onde relatou aos policiais ter comprado o veiculo por quinhentos reais no sábado (14/11), de um desconhecido. O homem identificado como Rafael Martins dos Reis, de 20 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. O veiculo ficara apreendido no pátio da delegacia para ser periciado.


Por Ferreira Santos (texto e foto) Especial para o Jornal de Sobradinho

domingo, 16 de novembro de 2014

Câmara Legislativa do Distrito Federal: Uma banana para o eleitor


Passadas as eleições, o tênue cordão que une os políticos aos eleitores é mais uma vez rompido

Libertos uns da dependência do voto e outros da ladainha marqueteira, vão, cada um pra seu lado, como que divorciados e irreconciliáveis. Ao eleitor, transformado agora em contribuinte, resta o trabalho árduo do dia a dia para bancar a farra republicana por meio de impostos escorchantes. Para os eleitos, envoltos na blindagem dura da imunidade parlamentar e do corporativismo cúmplice, os cidadãos comuns passam a ser habitantes de um mundo inferior e distante. ...

E é justamente esse o caso com os projetos de resolução nº 81 e nº 82, de 2014, votados a toque de caixa na Câmara Legislativa. O mínimo que se pode dizer dessas duas medidas é que muito mais do que uma bofetada na cara do eleitor, esses arranjos apressados representam um golpe contra a democracia, contra a lisura no trato da coisa pública e em favor apenas daqueles políticos enrolados com a Justiça. Não chega a ser surpresa a atitude descolada da realidade desses senhores. Em diversas outras oportunidades, Suas Excelências não perderam a oportunidade de afrontar a lógica e se conduzirem na contramão do bom senso e da dignidade imposta pelo cargo. Com mais essa tentativa de acobertar os malfeitos de seus pares, toda a Casa se deixa contaminar pela convivência com as maçãs pobres. O que se pode esperar dessa nova legislatura que se aproxima pode ser visto a partir de medidas como essas, feitas no apagar das luzes.


Fonte: Correio Braziliense - Coluna Visto, lido e ouvido. Blog do ARI CUNHA com CIRCE CUNHA - 16/11/2014 - - 11h17min58

Câmara Legislativa do Distrito Federal: Deputados de Brasília querem dificultar andamento de processos por quebra de decoro


Quem perde? A sociedade

Na semana em que a Polícia Federal deflagrou a operação que levou à prisão donos de empreiteiras, a Câmara Legislativa do Distrito Federal protegia seus representantes, discutindo projeto de resolução que restringe abertura de processos contra deputados distritais.

A proposta impede que cidadãos comuns peçam a abertura das representações, dando aos partidos políticos poder exclusivo de abrir processos por quebra de decoro...

De acordo com o projeto, o pedido de investigação de denúncias de irregularidades praticadas por distritais será apresentado apenas por partidos com representação no Congresso Nacional ou na Câmara Legislativa, pelo corregedor ou pelas comissões permanentes.

Quem perde? A sociedade. Os processos contra Raad Massouh (PPL), cassado no ano passado, Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP) e Rôney Nemer (PMDB), esses últimos já condenados em segunda instância, foram apresentados pela população.

A proposta foi apresentada na quarta-feira (12), mesmo dia em que a Câmara Legislativa já havia aprovado um projeto que dificulta a cassação do mandato de deputado distrital por quebra de decoro.

Neste caso, apenas parlamentares com casos transitados em julgado – quando não há mais possibilidade de recurso – ficam sujeitos à perda do mandato.

Os parlamentares afrontam, assim, a Constituição Federal, que garante, a qualquer pessoa, a possibilidade para propor ação popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio público histórico e cultural.


Fonte: Blog do NOBLAT - Por GABRIEL GARCIA - 15/11/2014 - - 13h13m42

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

SOBRANINHO


Amizades, solicitudes
vicissitudes
Em parte o que aprendi
Foi aqui que eu nasci .
Terra cultural, fonte musical
Clima tropical , cidade Natal
Ambiente rural , diferente da capital
Celeiro de tanta gente alto astral .
Antes de nascer já estava em teu ninho Sobradinho
Um quinto pássaro não mais de boca aberta
Compartilhando em noite fria uma coberta
Ao meu lado outro filhote , também oriundo de amor profundo .
Castelos e bobódromos
Baculejos e azulejos
Provões e desilusões .
Da quadra 12 eu cresci
Vendo a serra dali
Queria tanto saber que mistério havia ali
Ao ver seu Rubens chegando
Também me compadecia
Pois afinal eu sabia
Era dali que me subsistia .
Apesar de agora tão raro ver
Me orgulho em poder saber
Que ainda hoje
Entre pastos e boiadas
Atravessando as calçadas
Encontro feliz , o meu ser diante do meu viver .

(*) Por Márcio Solino

Revisão do poeta Emersom Vaz Borges - Colaboração para o Jornal de Sobradinho

ESPORTE: 4ª Copa Sobradinho de Futsal de Base 2014


ACONTECEU: Assaltante é preso depois de roubar supermercado em Sobradinho



Com o suspeito, foram encontrados os produtos roubados, 15 maços de cigarros, cartões de crédito e cerca de R$ 1200

Um homem de 21 anos foi preso na noite dessa quarta-feira (12) após assaltar um supermercado em Sobradinho. De acordo com a Polícia Militar, a abordagem ocorreu próximo ao local do crime, por volta das 19h.

Com o suspeito, foram encontrados os produtos roubados, 15 maços de cigarros, cartões de crédito e cerca de R$ 1200. Ainda segundo a PM, o rapaz utilizou uma faca para praticar o crime.


Fonte: Jornal de Brasília

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

SEGURANÇA: Criminalidade no DF aumenta 29,8% no primeiro semestre deste ano, afirma Secretaria de Segurança



Um aumento de 29,8% no número total de crimes ocorridos no Distrito Federal no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de  2013. Os casos de latrocínio (roubo seguido de morte), assaltos a postos de gasolina, roubos de carga e roubo de veículos mais que dobraram entre os períodos. Os dados são da  Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF).

Os números fazem parte de uma tabela de uso interno da secretaria, obtida com exclusividade pelo comentarista de segurança da TV Globo em Brasília, Daniel Lorenz, e divulgada pelo DFTV. A pasta confirmou por telefone que os dados são verdadeiros.

A tabela mostra que o número de sequestros-relâmpago aumentou 38,12%. Foram 278 em 2013 contra 384 em 2014, o que representa mais de dois casos por dia. A comparação também leva em conta os registros de “roubo com restrição de liberdade”, nome que os sequestros-relâmpago recebiam até abril de 2009, quando houve mudança no Código Penal. No DF, o nome ainda é utilizado para a maior parte das ocorrências, e apenas sete casos são registrados como sequestro-relâmpago na tabela do governo.

O secretário de Segurança, coronel Paulo Roberto Oliveira, reconhece o aumento na criminalidade, mas afirma que os investimentos feitos para a Copa do Mundo podem resultar na melhoria dos índices até o fim do ano.

Em que pese terem aumentado os crimes, a ação policial foi muito forte. A partir da Copa, tivemos o ‘recompletamento’ dos efetivos. A tendência do segundo semestre é que esses números comecem a baixar”, afirmou. Oliveira diz ainda que parte é justificada pela falta de efetivo e também pode ser resolvida pela contratação de mais agentes e militares.

“Apesar do aumento no efetivo e de ter uma força policial relativamente bem paga, os policiais estão desmotivados para trabalhar”, diz o comentarista de segurança da TV Globo, Daniel Lorenz.

Roubos e furtos

Os registros de latrocínio, roubo seguido de morte, mais que dobraram. Foram 13 no passado, e 28 até junho de 2014 (alta de 115,4%). Apesar de envolverem homicídio, os casos entram nas estatísticas de “crimes contra a propriedade”, junto com os roubos.

De acordo com a tabela, os assaltos a postos de combustíveis tiveram alta de 106,2% – de 468 em 2013 para 965 em 2014. Os roubos de veículos subiram 111,2%, passando de 1.966 para 4.152. Já os furtos de carros, motos e bicicletas passaram de 3.336 para 4.441 (alta de 33,1%).

Em nota, a secretaria ressalta um aumento de 69% nos veículos localizados pela polícia. Mas, se somados os veículos alvo de furto e roubo em cada ano, a porcentagem de carros encontrados sobe menos de três pontos percentuais: vai de 62,5% para 65,2%.

No somatório de assaltos e furtos, o DF teve alta de 14,5% entre 2013 e 2014. Foram 20.366 casos nos primeiros seis meses deste ano, o equivalente a 112,5 por dia, ou um roubo a cada 13 minutos.

Das categorias agrupadas, apenas os crimes sexuais (estupro e tentativa de estupro) tiveram redução entre 2013 e 2014. Na comparação de cinco anos, no entanto, dados da secretaria mostram aumento de 40% nesse tipo de crime. De acordo com a secretaria de Saúde, o atendimento a vítimas na rede pública mais que dobrou.

Em nota, a secretaria de Segurança diz que “as forças de segurança têm se empenhado diuturnamente no enfrentamento da criminalidade. Fruto deste trabalho, Brasília saiu da lista das 50 cidades mais violentas do mundo.”

No texto, a pasta ainda diz “esclarecer e reconhecer o esforço das forças de segurança – Polícia Civil; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar e Departamento de Transito, no enfrentamento da criminalidade e seu compromisso com a população do Distrito Federal na preservação da ordem pública e a busca incansável em proporcionar paz, segurança e tranquilidade a todos.”


Fonte: G1

terça-feira, 11 de novembro de 2014

CONVITE : A CULTURA POPULAR CHEGANDO NA CIDADE ARTE DE SOBRADINHO/DF


Novo remédio está disponível na rede de Saúde


Medicamento fitoterápico atua no tratamento gastrointestinal

A tintura de funcho, novo remédio da Farmácia Viva da Secretaria de Saúde (SES/DF), já está disponível para distribuição na rede de Saúde. O medicamento é utilizado no tratamento gastrointestinal, aliviando sintomas de cólica, gases e má digestão.

A entrada da tintura de funcho na lista de medicamentos distribuídos pela SES/DF faz parte das comemorações dos 25 anos da criação do Núcleo de Farmácia Viva (Nufarv). Nilton Netto, chefe do núcleo, comemora o novo remédio. "É uma forma de disseminar a fitoterapia, de aumentar a sua área de atuação."

Uma média de 250 unidades são produzidas por semana para reabastecer os centros de saúde. "Nós esperamos que um lote de 600 unidades dure cerca de um mês", destacou Antero Costa, técnico da Farmácia Viva.

Antero explicou, ainda, que a matéria prima (funcho) leva seis meses para ser produzida. Para tanto, a Farmácia Viva está plantando mais funcho. "Queremos aumentar essa distribuição para atendermos uma parcela ainda maior da população do DF", frisou o técnico.

Confira a lista de Centros de Saúde que oferecem produtos fitoterápicos, inclusive a nova tintura de funcho:

1) Riacho Fundo I: ISM e CS No 03
2) Riacho Fundo II: CS No 04
3) Candangolândia: CS No 01
4) São Sebastião: PSF e CSSS
5) Samambaia: CS No 02 e CS No 04
6) Guará: CS No 01 e CS No 03
7) Núcleo Bandeirante: CS No 02
8) Sobradinho: CS No 03
9) Taguatinga: CS No 04 e CS No 05
10) Gama: CS No 02 e CS No 05
11) Brazlândia: CS No 01
12) Asa Sul: H-Dia - 508 –Sul


Da Secretaria de Saúde/ Foto: Divulgação SES/DF

30 ANOS DA MORADA MINEIRA EM SOBRADINHO



Experimente! É amor à primeira mordida

Os 30 anos da MORADA MINEIRA estão sendo comemorados com o que há de melhor nas vitrines da loja - O evento acontece durante todo o mês de novembro com produtos fresquinhos para o cliente de todos os dias.

A CONFEITARIA

A Confeitaria Morada Mineira comemora esse mês de novembro seus 30 anos de atividade ininterrupta a favor de uma clientela fiel e exigente.  Com aproximadamente 40 funcionários o cardápio da empresa se tornou algo chamativo para os moradores de Sobradinho e região norte do DF que apreciam bolos, tortas e salgados. Segundo a gerente Natália a Morada Mineira oferece aos clientes 47 tipos de tortas, 30 entre doces e sobremesas e mais de 78 salgados e agora também com pães especiais. Vale registrar o alto investimento em máquinas, equipamentos e mão de obra especializada que a empresa vem fazendo ao longo desse último ano para atender essa nova demanda em Pães Especiais declara Natália.

A Morada Mineira foi sendo criada aos poucos pela confeiteira Maria de Fátima Câmara Viana e pelo seu parceiro de vida Reinaldo Augusto Santos Viana que se declara a ela dizendo que Fátima como é conhecida por todos é a grande culpada por tudo isso.  Casados, eles educaram quatro filhos Luiz Felipe, Luís Fernando, Danilo e Daniel. Com vasta experiência no mercado, inúmeros cursos e congressos - Fátima sempre faz expediente completo na Morada Mineira - sua precisão nos confeitos e salgados é algo invejável por todos afirma Maria de Jesus sua outra assistente de muitos anos de trabalho.

A confeitaria Morada Mineira atende mães que estão preparando a primeira festa do bebê, debutantes, comemorações de aniversário para todas as idades, noivados, casamentos, eventos corporativos, cafeterias e clientes que desejam visitar nossa loja em busca de apenas um doce especial. Nossa equipe de confeiteiros é focada em criar produtos de qualidade, que sejam tão bonitos quanto gostosos e nossa missão é transformar nossos clientes em orgulhosos anfitriões declara Maria de Jesus.


Por Júnior Nobre/Jornal de Sobradinho



(*) Carta da família destinada a Idealizadora da Morada Mineira: Maria de Fátima Câmara Viana


Sobradinho 08 de Novembro de 2014

Dona Fátima!

Esse ano a Morada Mineira faz 30 anos. Trin – ta anos! Mais que a comemoração de aniversário de uma empresa, é a celebração de três décadas de dedicação à profissão, de superação, de perseverança, de luta diária, e de amor pelo trabalho e pela família.

Além de parabenizá-la por ter chegado até aqui, gostaríamos de agradecer. Agradecer por você ser essa mulher maravilhosa que é essa mãe coruja, que abriria mão de tudo pelos seus filhos e essa profissional que nunca desistiu, mesmo diante das dificuldades. Achar uma pessoa com tamanho coração é tão altruísta é tão difícil, que não temos dúvidas de que foi Deus que te colocou em nossas vidas como mulher, como mãe e como chefe.

É verdade que ninguém entende dessa batalha como você. É verdade que muitas vezes você se sente sozinha, mas nós estamos aqui! Esta carta é uma humilde tentativa de lhe dizer para nunca se esquecer disso.  Como a senhora é o pilar dessa família, do mesmo modo, nós somos a sua base, o seu refúgio, a sua família.

A Morada Mineira é sua criação, mas ela não é mais a sua loja. Ela é um patrimônio da cidade, uma tradição, e isso fica bastante claro quando vemos a satisfação dos clientes ao consumirem os nossos produtos, ou falarem o quanto foi satisfatória a sua experiência. São festas de crianças, batizados, aniversários diversos, 15 anos, noivados, casamentos, festas empresariais e quem diriam até festa de aniversário pra cavalo nós participamos.  A Morada Mineira está eternizada nesses momentos, na memória de cada um e ainda nas comemorações que estão por vir.

Você é uma artista, uma artesã. Uma vez um filósofo disse que nada enaltece mais o homem que ver que o seu trabalho foi bem sucedido e, então, ser reconhecido por isso. Não sabemos se isso é verdade, mas podemos dizer uma coisa: Parabéns! São Trinta anos. E podemos dizer mais ainda e quantas vezes forem necessárias; obrigado! Nós te amamos.


Seu Marido e seus filhos 8/11/2014

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

SEGURANÇA: CONDENADO DA JUSTIÇA FOGE DA PAPUDA NO SÁBADO E GTOP-33 O CAPTURA EM SOBRADINHO NO DOMINGO.


(*) Claudio Martins

Por volta das 23h30 de domingo, 09/11, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho capturaram Geomar Gomes Jesuíno, 25 anos, foragido da Papuda. Ele foi preso nas proximidades da ponte de madeira, na Avenida Contorno de Sobradinho, após denuncia.

A equipe do GTOP-33 composta pelo sargento Silvan, cabo Claudio Paiva, soldado R. Gomes e C. Lucena realizava patrulhamento em Sobradinho, quando recebeu uma denuncia via WhatsApp de que um indivíduo teria fugido da Penitenciaria do Distrito Federal, Papuda, as 10h da manhã do sábado, (8), durante forte chuva, e estaria se escondendo em uma casa abandonada as margens da Avenida Contorno de Sobradinho, nas proximidades da quadra 03.

Os policiais se aproximaram do endereço, esconderam a viatura policial e deslocaram-se à pé a fim de surpreender o foragido. Ao se aproximar do local a equipe percebeu um indivíduo com as mesmas características se aproximando da ponte de madeira em direção a Sobradinho II. Com apoio dos demais prefixos de Sobradinho I e II a ponte de madeira foi cercada e o indivíduo foi capturado.

Geomar tentou passar o nome errado para a equipe, porém os policiais já possuíam foto e nome completo do foragido do presídio. Ele foi conduzido à 13ª Delegacia de Polícia e agentes da Papuda compareceram na delegacia para conduzir o condenado de volta ao presídio.


(*) Fonte: Claudio Martins/blog Informativo Flagrante

Governo Rollemberg anima economia do DF


Especialistas em diversas áreas fazem uma análise do que o governador eleito Rodrigo Rollemberg (PSB) deve enfrentar a partir de janeiro. Segundo eles, a escolha da equipe de transição traz uma perspectiva das pretensões do socialista

A escolha da equipe de transição anunciada, esta semana, composta por professores da Universidade de Brasília (UnB), servidores e ex-servidores dos governos local e federal, mostra que o governador eleito do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), segundo especialistas, pretende ter acesso a estudos aprofundados e, assim, obter as informações reais da situação que receberá a cidade no próximo ano. Antônio Flávio Testa, cientista político, por exemplo, faz uma análise e mostra que a vitória do pessebista significa a ruptura com a velha dicotomia azul e vermelho. Para ele, o DF viverá um novo tempo, de fato, a partir do início do novo governo. A expectativa é de otimismo e sente, entre a população, entusiasmo com a nova gestão, embora saiba das dificuldades que o novo gestor enfrentará.

Após as analises feitas durante a fase de campanha, Testa acredita que os brasilienses estão com uma expectativa muito positiva em relação ao próximo governo. Ele explica que foram elaborados estudos sobre os principais problemas do Distrito Federal, ao longo de quase dois anos, e esses estudos permitirão ao governador iniciar sua gestão com conhecimento de causa. “Essa é, sem dúvida, uma grande vantagem. A equipe que acompanha a transição de governo é competente e bem preparada. Caberá ao governador montar um secretariado comprometido com o plano de governo aprovado e que tenha condições de implementá-lo. O governo tem que demonstrar conhecimento técnico, competência política e capacidade operacional, para executar o plano de governo e transformar promessas de campanha em realidade concreta. É isso que a sociedade brasiliense espera do próximo governo”, analisa o cientista.

A partir de agora, segundo Testa, o governador eleito entra na nova etapa, na qual o que foi prometido em campanha, viram os compromissos e devem ser cumpridos. “Na minha opinião, um dos principais desafios será fazer com que o servidor público, de todas as áreas de governo, se motivem e queiram trabalhar em prol da sociedade; e não apenas em defesa de interesses corporativos. O governador deverá mostrar que a autoridade que a população lhe delegou, pelo voto, será exercida com competência e rigor, sem autoritarismo”, observa.

Outro desafio, de acordo com Testa, será convencer a Câmara legislativa que o modelo político clientelístico e fisiológico, baseado no “toma lá, dá cá”, será efetivamente substituído por um projeto político voltado para a construção de um Distrito Federal com a importância real que tem, do ponto de vista geopolítico e econômico. “Para tanto, terá que negociar, em profundidade, a transformação qualitativa de uma casa legislativa voltada para miudezas e interesses paroquiais e corporativos, para uma verdadeira câmara distrital com caráter estratégico e competência para realizar as grandes transformações que a sociedade local almeja”.

Rodrigo Rollemberg também enfrentará desafios na segurança pública do Distrito Federal. Testa diz que o governador eleito terá que implantar um plano de segurança pública que contemple não somente ações repressivas, mas que amplie a capacidade preventiva, a partir de políticas de planejamento familiar, de infância e sobretudo de juventude, focadas no empreendedorismo empresarial, esportivo e artístico, para minimizar, ao máximo, o efeito nocivo do abandono familiar e da expansão do consumo e tráfico de drogas sobretudo do crack. “Ele terá que vencer o corporativismo dos órgãos de segurança e fortalecer a Secretaria de Segurança, dando a essa instituição poder de comandar a política de segurança pública”.

O Entorno, segundo analisa o cientista político, também terá que entrar nos programas da nova gestão. “Rollemberg deverá desenvolver uma política de crescimento do Entorno, liderando esse processo e negociando com o governo de Goiás e o Governo Federal a consolidação da uma região metropolitana. Será necessário promover o desenvolvimento econômico dos municípios do Entorno, evitando a migração forçada daquela população em busca de melhores condições de subsistência e promova a migração turística, que ocorre em melhores condições e gera riqueza e satisfação. São desafios imensos e  difíceis de serem vencidos. Mas o governador Rollemberg merece um voto de confiança”, pontua Testa.

Ainda em analise a próxima gestão, Testa diz que se Rollemberg conseguir realizar seus compromissos, o Distrito Federal será muito melhor daqui a quatro anos. Mas, ele lembra que  sozinho não tem condições de realizar essa mudança. “Temos uma Câmara distrital de difícil convivência e de interesses muito difusos e particulares, e isso pode dificultar muito as coisas. apesar de, no primeiro momento, conseguir uma boa base de apoio. Acredito ainda que GDF precisa de um governador que transmita confiança à população e autoridade sobre seus subordinados. E isso é vital para acabar com o marasmo e o desânimo vigente e que decorre, sobretudo, do aparelhamento do Estado, da falta de uma política de carreira e avaliação de desempenho das diversas áreas de governo e do servidor público”.

Em uma visão mais realista, o cientista político ressalta que os problemas como na saúde, educação, transporte não serão possíveis de se resolver tudo de início. “É preciso um tempo para corrigir erros, replanejar e implementar novos modelos de gestão. Isso leva algum tempo. Creio que nos primeiros três meses serão feitos ajustes e, logo em seguida, mudanças aparecerão”, completa. Sobre a transição de governo, Testa observa que é uma situação delicada. “Quem sai, sai magoado e desanimado. Sempre ocorre algum desleixo, é consequência da derrota. Mas o povo não tem nada com isso, é preciso que seus direitos sejam assegurados. Cabe à equipe de transição fazer uma auditoria administrativa detalhada, identificar problemas que podem ser resolvidos imediatamente, evitando a diminuição da qualidade dos serviços essenciais prestados à população e preparar para o início do próximo governo sem que haja problemas de continuidade”.

Principal medida será
implantar o bilhete único

Sobre as expectativas para as implantações no sistema de mobilidade urbana, o presidente do Conselho Executivo da Anetrans, Roberto Portella acredita que o novo governo dê sequência as obras de mobilidade iniciadas na gestão de Agnelo. Entre os itens, devem ser realizadas a conclusão e implementação do sistema BRT ( Bus Rapid Transit), sul e norte, a integração das linhas mediante bilhete único, de forma que um passageiro possa através com um só bilhete se deslocar de sua residência até seu local de trabalho, utilizando todo o sistema de transportes disponível.

Rollemberg, de acordo com Portella, já sinalizou que deverá completar as obras, que são essenciais para o fluxo de tráfego, obras como o TTN – Trevo de Triagem Norte, que consiste na duplicação da ponte do Bragueto, um trevo completo que oferecerá acesso a todos os destinos sem cruzamento e a implantação de todo um sistema viário com viadutos, pistas e acessos até a granja do torto, como também a obra já iniciada de duplicação do torto até o colorado. Segundo o presidente da Anetrans, obras que desafogarão o trafego da região Norte do DF, como o alargamento do viaduto sobre o pistão e o túnel sob a avenida central de Taguatinga também deverão entrar na lista de Rollemberg. “O importante é o governo dar sequência as obras do seu antecessor sem solução de continuidade e ao mesmo tempo iniciar e planejar e projetar as obras que virão para o futuro. Um bom estoque de projetos pode facilitar o GDF na busca de financiamentos tanto externos com internos”.

Das promessas levadas nos discursos de campanha, Portella acredita que a principal melhoria na mobilidade urbana seja a implantação do bilhete único. “Estão sendo estudados os sistemas ferroviários, ligando Brasília à Goiânia, e a utilização da linha férrea existente que liga o Plano Piloto à Luziânia, onde poderá ser utilizado um sistema VLT – veículo leve sobre trilhos – transportando passageiros do Entorno até a antiga Rodoferroviária, e dali uma ligação via circular pelo eixo monumental com os demais pontos do Plano”, observa o presidente da Anetrans.

Reequilibrar economia do DF
será concluída a longo prazo

Antes mesmo de assumir o Governo do DF, Rodrigo Rollemberg já anunciou que recebe a cidade com um déficit de R$ 2,1 bilhões. Com essas informações, o economista e professor da Universidade de Brasília (UnB), Fávio Basilio, explica que o principal desafio do governador eleito será reequilibrar as finanças do GDF e ajustar a máquina pública para assegurar os objetivos de campanha de transparência, educação integral nas escolas e de saúde de qualidade para a população. Contudo, para atingir esses objetivos, não será suficiente apenas cortar despesas. Ele vai além e observa que será necessário contrariar interesses. “Para tanto, deverá reduzir os cargos comissionados sem concursos, fazer cumprir a jornada de trabalho dos médicos e, principalmente, conter de forma responsável as crescentes demandas por aumentos de salários reais acima da inflação de importantes categorias do Estado”.

O economista vai além e diz que Rollemberg receberá o GDF em piores situações que seu antecessor. “De fato, a situação fiscal do GDF é um problema sério para o próximo governador, que encontrará um GDF em condições piores do que as que o seu antecessor recebeu. Para resolver esse problema, já considerando as ações citadas anteriormente, será necessário combater com maior afinco a sonegação fiscal, o que exige uma ação exemplar da Secretaria de Fazenda, reajustar de forma moderada as alíquotas de IPTU e solucionar gargalos de infraestrutura, como por exemplo na capacidade de investimento da CEB para auxiliar na atração mais empresas para o DF, aumentar a eficiência do transporte coletivo e na mobilidade urbana, e aumentar o direcionamento dos recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) para alavancar a produção local. Ademais, será necessário dar um fim econômico ao Estádio Mané Garrincha, sob pena de drenar ainda mais recursos de áreas prioritárias para a população”, pontua Flávio.

Ao analisar a atual gestão, o economista  acredita que Agnelo errou ao aumentar ainda mais o custo da máquina pública na proporção da quantidade de habitantes e no direcionamento dos recursos públicos. Para exemplificar ele levanta a questão do transporte público e que esta mobilidade urbana está longe de ser solucionada, a educação, segundo ele, pouco evoluiu nos últimos quatro anos e o atendimento nos hospitais se deteriorou de forma perceptível. Além disso, o endividamento para a construção do mais caro Estádio da Copa do Mundo drenou recursos de outras áreas prioritárias e restringiu a capacidade do Estado em alavancar novos projetos no futuro.


Fonte : Ricardo Callado/ blog do Callado publicado em 8/11/2014 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

CONDOMÍNIOS: Regularização do Setor Habitacional Grande Colorado chega à fase final


Foi assinado termo aditivo que permite dar entrada no cartório para recebimento das escrituras; primeiro beneficiado será Vivendas Friburgo

O governador Agnelo Queiroz assinou, no último dia (3/11), um Termo Aditivo que permitirá às 234 famílias de classe média do Condomínio Vivendas Friburgo, no Setor Habitacional Grande Colorado, localizado na Região Administrativa de Sobradinho, obterem a escritura dos seus imóveis. Aproximadamente 800 pessoas serão beneficiadas.

Com o aditivo assinado, a titular da área referente ao Setor Habitacional Grande Colorado, a Urbanizadora Paranoazinho S/A (UPSA),  terá condições de dar entrada no cartório para  finalizar o processo de legalização que beneficiará todos os 8 mil moradores da região.

“Regularizamos cidades como Estrutural, Sol Nascente, Itapoã e temos outras regiões em processo de legalização, como Paranoá, São Sebastião e várias áreas de interesse social. Mas, também, estamos regularizando áreas de classe média que adquiriam os terrenos na ilegalidade, mas de boa fé”, ressaltou o chefe do Executivo local.

“São quase 20 anos ouvindo promessas que só agora se concretizaram. Quero agradecer aos nossos condôminos que acreditaram e a todos que viabilizaram a concretização desse sonho”, afirmou o representante do Condomínio Vivendas Friburgo, Alexandre Farias.

MODELO- O termo aditivo segue recomendações de uma ação integrada entre governo, moradores, empresa urbanizadora, com acompanhamento do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e Justiça.

Segundo Agnelo Queiroz, a metodologia utilizada nesse trâmite de regularização serve como modelo para os demais condomínios de classe média no Distrito Federal. “Hoje estamos regularizando a área e os proprietários reais poderão fazer uma venda negociada para que os moradores possam ter a escritura definitiva da sua área, ou seja, estamos atendendo à classe média”, complementou o governador.

Entre os vários itens abordados no documento estão o prazo de seis meses para a elaboração do Projeto de Integração Viária, correspondente ao cronograma físico-financeiro, que deverá seguir parâmetros definidos pelos órgãos e entidades competentes. Esse cronograma destina a execução de obras de implantação ou adequação da macrodrenagem da área, a reconstrução de vias ou equipamentos de serviço público que forem danificados quando da execução da obra.

Outro ponto é referente ao prazo de quatro anos para a execução das obras previstas nos Projetos de Abrangência Setorial. O descumprimento injustificado por parte da UPSA desencadeará a aplicação de multa moratória mensal de R$ 50 mil, limitada à quantia de R$1,2 milhão.

Já o projeto de macrodrenagem pluvial deverá contemplar a ligação da rede de macrodrenagem às redes dos loteamentos, existentes ou previstas nos projetos individuais. A UPSA arcará com o custeio e a execução do projeto, proporcionalmente ao número de glebas inseridas dentro da poligonal da Fazenda Paranoazinho.

A destinação de áreas públicas exigida legalmente para cada loteamento a ser regularizado equivale a 10% de sua área total, conforme estabelecido e regulado pela Lei Complementar nº 803/2009 (PDOT). Porém, na maioria dos casos, devido ao grau de consolidação, não existem áreas livres dentro dos loteamentos para essa finalidade. Assim, será preciso calcular a diferença entre a área mínima destinada a equipamentos públicos urbanos (EPU), equipamentos públicos comunitários (EPC) e espaços livres de uso público (ELUP) em cada loteamento.

O aditivo também prevê que o Grupo de Análise e Aprovação de Parcelamento de Solo (Grupar) será responsável por fiscalizar e monitorar o andamento de todas as obrigações assumidas pela UPSA no Termo de Compromisso.


Fonte: Agência Brasília /Foto: Gláucya Braga

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

BOLETIM DE OCORRÊNCIAS: Sobradinho: Homem é preso portando revólver



(*) Gilmar Santos

Um homem foi preso na madrugada do dia (5), por policiais militares do 13º Batalhão, portando um revólver calibre 38. A prisão ocorreu na quadra central, próximo ao estacionamento do hotel Alvimar, em Sobradinho. A equipe comandada pelo sargento Sílvio passava pelas proximidades, momento que viu o homem em atitude suspeita e o abordou. Após a abordagem, foi encontrada a arma. José, de 42 anos, foi levado para a delegacia, onde responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Arma de fogo é apreendida pelo Gtop 33

(*) Geovani Carvalho

Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 33 Alfa (13º Batalhão), patrulhavam a quadra central de Sobradinho, por volta de 2 horas de hoje (5), quando abordaram um táxi estacionado em frente a um hotel. Durante a abordagem, foi localizado na bagagem do passageiro um revólver calibre 38 com numeração raspada e 12 munições intactas. O proprietário da arma foi autuado na 13ª Delegacia de Polícia por porte ilegal de arma de fogo.
O Gtop 33 Alfa é composto pelo sargento Sílvio, sargento Bulhões, cabo Alysson Xavier e cabo Anderson Augusto.

PM localiza maconha dentro de carro em Sobradinho

(*) Geovani Carvalho

Policiais militares integrantes do 13º Batalhão de Polícia Militar prenderam três pessoas no conjunto M da quadra 16 de Sobradinho I. O fato ocorreu as 15 horas de ontem (4) e os policiais responsáveis pela prisão estavam a comando do sargento Salvador.
Os policiais abordaram o trio que estava numa BMW c 325IA. Foi encontrado no veículo duas porções de maconha. O fato foi registrado na delegacia da área.


(*) Fonte: Gilmar Santos e Geovani Carvalho/PMDF

domingo, 2 de novembro de 2014

SAÚDE: Reconstrução imediata da mama é realidade no DF


Os hospitais de Base, Hran, Sobradinho, Santa Maria, Samambaia e HUB realizam a cirurgia logo após à retirada do tumor maligno

As pacientes com câncer de mama no DF já não esperam para fazer a reconstrução do seio atingido pela doença. A cirurgia reparadora, cuja cobertura pelo SUS é obrigatória por lei federal desde o ano passado, está sendo realizada sempre que o quadro clínico da paciente permitir, na mesma operação de retirada do tumor, seja ela total ou parcial.

Segundo a coordenadora de Mastologia da Secretaria de Saúde, Fernanda Salum, as cirurgias de reconstrução imediata são feitas pelo SUS nos hospitais de Base, Regional da Asa Norte (Hran), Regional de Sobradinho, Santa Maria, Samambaia e no Hospital Universitário de Brasília (HUB).

"Mundialmente, na literatura médica atual, busca-se a reconstrução imediata. Está provado que dá qualidade de vida para a paciente. É como você colocar uma esperança no meio de uma tragédia", defende o coordenador da cirurgia plástica da rede, José Adorno.

No Hospital de Base, os mastologistas, sempre que possível, fazem a reconstrução imediata. "Estamos levando isso à risca", garante o chefe do Serviço de Mastologia, Rodrigo Pepe. Ele afirma que a maioria das cirurgias de retiradas de tumor realizadas na unidade é a de mastectomia - retirada total da mama - devido a diagnóstico tardio de grande parte das pacientes da unidade.

TIPOS – Para conseguir a reconstrução mamária são utilizados três tipos de técnicas na rede pública: a que usa os chamados retalhos, ou tecidos, do músculo abdominal ou dorsal da paciente; o implante de prótese; e o expansor, que é uma prótese para expandir o local, onde posteriormente será implantada prótese definitiva. O tipo escolhido pelo médico vai depender das características de cada paciente.

As técnicas mais utilizadas na rede são as que utilizam expansor e prótese. "Elas mutilam menos, não usam retalhos e você vai ter menos complicações com as pacientes a longo prazo", explica José Adorno.

Outra tendência da cirurgia mamária atual é aproveitar a pele da mama retirada. Em inglês, essa prática é conhecida como skin sparing mastectomy ou a mastectomia poupadora de pele. Dessa maneira, não é necessário recorrer à pele de outras partes do corpo para poder reconstruir o seio.

A reconstrução mamária leva de uma a quatro cirurgias. Na primeira, o objetivo é dar volume à nova mama. Na seguinte, que costuma ser depois do tratamento oncológico, o objetivo é dar simetria às duas mamas, geralmente operando também o seio sadio. A seguinte etapa, que pode ser dividida em dois procedimentos é a reconstrução da auréola e o mamilo.

SUPORTE – As mulheres com câncer de mama contam com duas associações de apoio, uma que atende no Hospital de Base, a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC), e a Recomeçar, que funciona no Hran.

A RFCC conta com programas para atender diferentes necessidades das pacientes, desde informação sobre a doença, direitos, cirurgias na rede, até suporte emocional, doação de perucas, comida, remédio e auxílio financeiro. Elas oferecem lanche e atuam no laboratório, UTI, no bloco de internação, na quimioterapia e pronto socorro.

A Recomeçar, formada por 19 mastectomizadas, presta apoio às mastectomizadas para fazer a reconstrução pelo SUS. "Além de instruir, a gente dá todo o acolhimento. As mulheres se sentem amparadas e seguras. Sabem que têm a quem recorrer", explica a fundadora, Joana Jeker.


Fonte: Agência Brasília, com informações da Secretaria de Saúde/ Foto:Hmenon Oliveira/Arquivo

SEGURANÇA: Homem é preso em Sobradinho por efetuar disparos de arma na rua



(*)  Gilmar Santos

Um homem foi preso na tarde do dia (31/10), em Sobradinho II , pela Polícia Militar, após efetuar vários disparos de arma de fogo em via pública. Os policiais do 13º Batalhão, comandandos pelo sargento Albuquerque, passavam pela AR 9, por volta das 13h30, momento que escutaram, alguns disparos de arma. Um homem foi abordado em um beco da quadra, portando um revólver calibre 38 com munições deflagradas. Brito, de 25 anos, foi levado para a delegacia da àrea, onde foi constatado que ele possui passagens por vários crimes (Artigos 155, 157, 121, 288, 344, 331 dentre outros).


(*) Fonte: Gilmar Santos/PMDF

ARTIGO: Organização ou Perfeccionismo?


Dia desses convidei meu amigo Zaca para conhecermos Dona Maria Santina e seu modus vivendi. Muito se houve falar dessa senhora, uma mulher como qualquer outra, porém diferente. Em lá chegando, vimos logo uma coisa inédita, sua lixeira pintada de branco e com uma mensagem educativa que diz: “Aqui não jogamos lixo na rua.” Zaca bateu no portão e imediatamente Dona Maria Santina nos recebeu e logo a pergunta, a que vieram? Pois não nos conhecia. Ao passarmos o portão, um tapete umedecido para limpeza dos pés. Na porta da sala, outro tapete branco também umedecido. Faço isso para conservar a casa limpa, explicou. O Zaca mais falante foi logo dizendo: Somos jornalistas, viemos aqui entrevistá-la, tirar a limpo as coisas que falam a seu respeito. Como assim? Perguntou assustada. Muito se houve falar que a senhora é muito organizada, ela responde é verdade. Não gosto de bagunça. A essa altura, já com o sorriso dizia: Gosto de manter minha casa organizada e limpa. Aprendi com minha mãe, tudo que sei agradeço a ela. A essa altura da conversa, já estampava no rosto um sorriso com ar de felicidade. Gentilmente nos convidou a entrar. Educadamente, pediu licença para ir até a cozinha preparar um café, dizendo: vocês nunca tomaram um café igual ao meu, gabou-se. O Zaca aproveitando a ausência foi logo bisbilhotando vendo se encontrava uma poeirinha nos móveis, absolutamente nada. Tudo limpinho. Tomamos o café, na verdade muito saboroso. Permitiu que fossemos até a cozinha. As vasilhas de alumínio brilhavam como a luz do sol de tão limpas. Com certeza a senhora gosta de tudo novo não? Ela respondeu claro! Quem não gosta? Disse sorrindo, o meu fogão tem apenas 10 anos, a geladeira 22 anos. O que? Tudo isso? E ela respondeu: é verdade, afirmou. É o zelo que tenho com minhas coisas. Como os senhores estão vendo, não tolero bagunça. Falo sempre a minha família, quando eu morrer não quero todo mundo chorando ao mesmo tempo, tem que se organizar em fila e chorar um de cada vez. Já nos preparávamos para sair, era 12h00min o sol batia a pino, calor escaldante. Nesse momento, bate alguém no portão, era Dona Valeriana, para os íntimos, Dona Vavá. Velha conhecida de Dona Santina, mulher porreta como dizem nossos irmãos baianos. Dona Vavá vinha da feira com duas sacolas pesadas, queria descansar um pouco, foi ao tanque lavar o rosto banhado em suor. Pegou no varal um pano branquinho que jugou ser uma toalha de rosto. Quando Dona Santina viu, gritou: Mulher de Deus! Esse é pano de chão. Não diga, pois está mais branco que toalha de rosto de muitas casas que conheço. Esse é um pouco do perfil de Dona Santina. Mulher honesta, correta, humana, gosta de ajudar a quem precisa. Os nomes são fictícios mais a história é real.
  

Por Olavo Da Silva Aguiar/Especial para o Jornal de Sobradinho/Novembro 2014


Condomínio Alto da Boa Vista ganha registro em cartório


Após 22 anos de ocupação irregular, moradores conseguiram a escritura. Conquista representa nova fase

(*) Carla Rodrigues


Um presente de Natal antecipado. Depois de 22 anos de ocupação, os moradores do Condomínio Alto da Boa Vista,  em Sobradinho, conseguiram o registro do local em cartório.  Esta é a segunda vez que um imóvel do tipo, em área particular, consegue a escrituração.  O primeiro foi o Amobb, no Jardim Botânico, em 2007. Agora, afirmam os moradores, “o documento acende uma luz de esperança aos demais empreendimentos e inicia uma nova fase na história do Alto da Boa Vista”.

“Foi um processo de muitos anos, passando por vários governos. Quando acreditávamos estar próximos, mudavam as regras. No meio disso, o Ministério Público promoveu um Termo de Ajuste de Conduta, que foi o nosso norteador para conquistarmos o registro e a regularização. A partir daí, definimos parâmetros que estivessem de acordo com a lei e criamos um modelo sustentável de condomínio”, conta o condômino e tesoureiro do local, Alberto Lima,  48.

Ele ressalta ainda que foram necessários acordos de ambos os lados para conseguir a total regularização do espaço, que tem  aproximadamente 251, 8 hectares. “Estamos no maior condomínio do DF em área particular. O processo é muito complexo. Todo mundo, principalmente nós, teve que ceder. Se não houvesse entendimento, não atingiríamos o nosso objetivo. E nós queríamos morar numa área legalizada. Nunca perdemos isso de vista”, diz.

compensação

Um dos principais acordos firmados, lembra ainda o subsíndico do condomínio, Ranufo Guedes, foi o de compensar ambientalmente a área pela construção do próprio empreendimento. Por isso, dentro do Alto da Boa Vista já existe um espaço, de 41 mil m², reservado  ao Centro de Estudos de Desenvolvimento Sustentável (Ceds), autorizado pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

“A intenção é fazer um lugar de fomento a práticas sustentáveis. Nele, teremos oficinas, biblioteca, videoteca, auditório e o jardim do cerrado”, ressalta o síndico do condomínio, José Araújo Cardoso, 57.

A questão da regularização de condomínios no DF foi um dos maiores problemas da atual gestão. No ano passado, o JBr. chegou a denunciar a situação. Segundo a Secretaria de Regularização de Condomínios (Sercond), até o início de 2013, apenas cinco, entre 390 condomínios de classe média, estavam legalizados. A pasta informou   que regularizou, neste ano, em dez meses, 16 condomínios.

Futuro promissor

Hoje, o Alto da Boa Vista tem aproximadamente 300 moradores. São mais de 2,6 mil terrenos. A previsão é de que o empreendimento agregue pelo menos 10 mil habitantes, se tornando, assim, um dos maiores condomínios horizontais da região.  “O registro  é o começo de uma nova vida para os condôminos. É resultado do esforço conjunto deles. Quando entramos no processo, demos a sorte de já ter muita coisa adiantada. É por isso que foi possível ter a regularização fundiária  e o seu registro”, disse o advogado do condomínio, Idamar Borges.

Entenda o Caso

Em maio de 2013, o Decreto de Regularização do condomínio foi revalidado. Nos quatro meses seguintes, o empreendedor do imóvel cumpriu as últimas exigências pendentes.

Em novembro de 2013, foi dada a entrada no registro do loteamento do condomínio. Todas as solicitações do cartório foram cumpridas.  Porém, o processo enfrentou  entraves, como o pedido de impugnação por parte de cinco proprietários de lotes na Área de Proteção Manancial Mestre D´Armas.

Em setembro deste ano, o pedido de  impugnação ao registro foi indeferido pela Justiça.


(*) Fonte: Carla Rodrigues/ Jornal de Brasília

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Dia de Finados terá esquema especial em cemitérios do DF


Secretaria de Justiça, Agefis e Procon promovem ações para garantir o bem estar dos visitantes

A Coordenação de Assuntos Funerários (CAF) da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus) contará com 31 servidores em seis cemitérios do Distrito Federal, no próximo domingo (2), Dia de Finados. As equipes estarão de prontidão das 8h às 18h, para receber e registrar qualquer ocorrência referente à fiscalização das unidades físicas dos cemitérios.

Os agentes ficarão em tendas montadas na entrada dos cemitérios do Plano Piloto, Gama, Sobradinho, Brazlândia, Taguatinga e Planaltina. Além disso, os servidores da CAF fazem esse trabalho de fiscalização da empresa administradora dos seis espaços – a Campo da Esperança – ao longo de todo o ano.

AGEFIS – A Agefis montará ações preventivas, que acontecerão na véspera do Dia de Finados, dia 1º, em especial no Cemitério do Plano Piloto. No dia 2, de maneira repressiva, a agência atuará também nos outros cinco cemitérios citados.

PROCON - Servidores do Procon já visitaram os locais para garantir que a relação de consumo seja cumprida, com fixação de tabelas de preços e telefone para o consumidor se comunicar, caso sinta-se ferido no seu direito.

Devido ao sucesso da ação preventiva-educativa realizada anualmente pela Agefis, em anos anteriores a apreensão de mercadorias tem tido saldo zero. As iniciativas asseguram calçadas livres para os pedestres e a redução da concorrência desleal, garantindo a comercialização apenas por pessoas autorizadas e licenciadas.


Fonte: Agência Brasília , com informações da Secretaria de Justiça e da Agefis/Foto: Divulgação

terça-feira, 28 de outubro de 2014

SEGURANÇA: DUPLA É PRESA POR TRÁFICO NA DF-420, PRÓXIMO AO CEMITÉRIO DE SOBRADINHO II.





Por volta das 20h de segunda-feira, 27/10, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho prenderam em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, Lucas Pereira, 26 anos e Luan Cardoso, 18 anos. Eles foram abordado em um veículo VW Gol, modelo antigo, na DF - 420, nas proximidades do Cemitério de Sobradinho II e na revista os policiais localizaram, dentro do veículo, duas grandes pedras de crack e certa quantia em dinheiro.

A equipe do GTOP-33 Bravo composta pelo sargento Sevilha, cabo Eduardo Souza e soldado Lacerda, realizava patrulhamento na DF-420 sentido Sobradinho, quando deparou com um veículo VW gol, modelo antigo, cor preta, com dois indivíduos no interior e realizou a abordagem.

Com apoio do GTOP-33 Alfa, composto pelos sargentos Torres Viana, Marcos Ferreira e cabo Arilson, os indivíduos foram abordados. Na revista no interior do veículo, os policiais localizaram, no assoalho da porta do condutor, duas pedras grandes de crack e debaixo do tapete R$410,00, em dinheiro trocado.

Lucas e Luan, que já possuem diversas passagens pela polícia, foram conduzidos à 35ª Delegacia de Polícia e autuados pelo crime de tráfico de substância entorpecente.


Fonte: Claudio Martins/blog Informativo Flagrante

sábado, 25 de outubro de 2014

Projeto Câmara Mirim fará simulação inédita de reunião da CCJ



Pela primeira vez, o projeto Câmara Mirim, do site infantil Plenarinho, vai simular neste ano com crianças uma reunião de comissão da Câmara dos Deputados. Será na quarta-feira (29), às 9 horas, na CCJ, a Comissão de Constituição e Justiça.

Quarenta alunos da Escola Classe 1 de Sobradinho (DF) vão reproduzir o rito de uma reunião normal da comissão, com apresentação, discussão e votação do relatório de um dos três projetos de lei vencedores do Câmara Mirim.

Na quinta-feira (30), também às 9 horas, o relatório produzido pela reunião da CCJ será debatido e votado por aproximadamente 400 deputados mirins no plenário Ulysses Guimarães, na chamada Sessão Mirim. Em sua nona edição, o evento no plenário reúne alunos do ensino fundamental de todo o Brasil para simular uma sessão de votações da Câmara. As propostas são dos próprios participantes do Câmara Mirim.

Nas edições anteriores do projeto, os estudantes participavam apenas desta etapa do processo legislativo, sem a fase de comissões da qual vão participar os alunos de Sobradinho.

Fase de discussão

Ana Marúsia, coordenadora do site Plenarinho, destaca a importância de as crianças conhecerem também a fase da discussão nas comissões para o trabalho legislativo. "O Plenário é o coroamento de tudo que é feito anteriormente, de todas as discussões, dos seminários, das audiências que as comissões organizam, inclusive com a presença da sociedade para então se desdobrar no final, nas discussões e votações no plenário Ulysses Guimarães", explica.

Como ainda se trata de uma atividade piloto, apenas uma turma de estudantes foi selecionada para a reunião na CCJ: a do professor Carlos Campos da escola de Sobradinho. O professor foi um dos seis vencedores do concurso nacional de projetos pedagógicos promovido pelo Plenarinho e pelo programa Missão Pedagógica, da Câmara. A proposta de Campos – o projeto República em Sala – atribui aos estudantes diversas funções dos Três Poderes, do Banco Central e da imprensa.


Fonte:  Agência Câmara

terça-feira, 21 de outubro de 2014

JÁ EM CIRCULAÇÃO E NAS BANCAS, A EDIÇÃO Nº 273 DE OUTUBRO DE 2014 DO JORNAL DE SOBRADINHO.


SEGUE EM ANEXO, NO CANTO DIREITO DO BLOG - A EDIÇÃO 273 - ELETRÔNICA DO MÊS DE OUTUBRO DE 2014 DO JORNAL DE SOBRADINHO.

PEGUE O SEU EXEMPLAR GRATUITAMENTE NAS BANCAS E REVISTARIAS DA CIDADE DE SOBRADINHO E REGIÃO NORTE DO DF, CONFIRA!


HUM MILHÃO E SETECENTOS MIL ACESSOS!


Agradecemos os internautas pelos mais de 1.700.000 MIL ACESSOS ao blog DIÁRIO do Jornal de Sobradinho. Breve iremos inaugurar o CANAL VIRTUAL DE TV COMUNITÁRIA CIDADE SERRANA; um portal para acessos a entrevistas e vídeos ligados a Sobradinho I, II, Fercal, Denocs, Nova Colina e Condomínios Horizontais da região norte do DF. Sem dúvida será mais uma ferramenta para agregar valores ao Jornal de Sobradinho IMPRESSO, ao Blog Diário, a Fan Page e breve o Canal Virtual.


UTILIDADE PÚBLICA: CEB Torpedo agiliza comunicação de falta de energia


Devido às previsões de fortes chuvas que devem cair sobre o Distrito Federal nesta semana, a CEB Distribuição orienta a população a utilizar o serviço de SMS (CEB Torpedo), caso haja necessidade de solicitar serviço de emergência.

Em dias com muita demanda, o Call Center (116) fica congestionado e o CEB Torpedo facilita a vida do usuário. A Nota de Reclamação por Serviço é aberta imediatamente e o cliente recebe o protocolo também por SMS.

A CEB Distribuição destaca que atende a uma ordem de prioridades para o atendimento de emergência: locais onde haja hospitais e serviços emergenciais, locais onde morem pessoas doentes que necessitem de equipamentos energizados, locais em que haja cabos partidos, colocando pessoas em risco, e localidades em que tenha maior número pessoas afetadas pela falta de luz.

Clientes que utilizem aparelhos vitais em casa, devem se cadastrar em uma Agência de Atendimento da CEB. É preciso levar laudo médico.

Como usar o CEB Torpedo:

Envie uma mensagem SMS para o número 27323 com o seguinte conteúdo:
SL+código do Cliente.
A sigla SL significa “SEM LUZ”. O código do cliente está na parte superior direita da conta de luz.

Dica:

Deixe a mensagem salva no seu celular no formato correto e com o seu código de cliente. Assim quando você precisar não será necessário procurar um conta de luz para saber o código.


Fonte: Allan Barbosa/CEB

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Nova cobrança é enviada a inadimplentes do IPVA 2014


Saldo devedor do exercício supera R$ 137 milhões

 Mais de 238 mil veículos ainda estão com o IPVA 2014 em aberto, dessa forma, a Secretaria de Fazenda (SEF/DF) enviou novos boletos com valores atualizados, acrescidos de juros e multa, com vencimento programado para 31 de outubro. O atual saldo devedor é R$ 137 milhões.


Quem não quitar os débitos será inscrito na dívida ativa do DF no início do próximo ano. Além de ficar impossibilitado de participar do programa Nota Legal, assumir cargos públicos e emitir o Licenciamento 2014, que será exigido pelo Detran-DF a partir desta quinta-feira (16).


Quem não quiser esperar pela nova guia pode ir a uma agência de Atendimento da Receita do DF ou acessar o site da Secretaria de Fazenda (SEF/DF) para imprimir a 2ª via do imposto.


No início do ano foram gerados quase 1,1 milhão de guias de pagamento do IPVA que puderam ser pagas em até três vezes, com o último vencimento em junho.




SEM PARCELAMENTO - Apenas débitos vencidos em exercícios anteriores podem ser negociados. Os valores em atraso têm correção monetária pelo INPC. Quem ainda tiver dúvidas sobre o pagamento pode entrar em contato com a SEF por meio do Atendimento Virtual ou pelo telefone 156, opção 3.

Fonte: Agência Brasilia